WIKA Brasil

Sistemas e serviços WIKA para testes de vazamento

CalibrationHeader_en-co

Com quais métodos de teste é medida a estanqueidade dos componentes?

Para garantir a estanqueidade dos componentes durante ou no final da produção, a norma DIN EN 1779 prescreve vários métodos de teste. A escolha depende da taxa de vazamento a ser alcançada. Se os valores desta dimensão forem muito pequenos, a comprovação da estanqueidade é realizada com um fluido traçador como o hélio. Os métodos de teste deste tipo frequentemente utilizados, de acordo com a norma DIN EN 1779, são (são mencionadas as taxas de vazamento que podem ser implementadas de forma confiável na produção em série):

  • Teste de acumulação de hélio B3, limite de detecção de até 10-5 mbar · l/s
  • Teste de vácuo de hélio B6 (externo), limite de detecção de até 10-8 mbar · l/s
  • Teste de detecção de hélio B4, limite de detecção de até 10-5 mbar · l/s

Com testes de vazamento de hélio, limites de detecção de até 10-9 mbar · l/s pode ser alcançado em condições ideais.

Quais sistemas e quais serviços a WIKA oferece na área de testes de vazamento?

A WIKA utiliza sistemas desenvolvidos internamente para testes de vazamento tanto na produção em série quanto nos laboratórios de teste. Os clientes podem aproveitar essa experiência de longa data de duas maneiras:

  • A WIKA constrói sistemas de teste sob medida com segurança funcional testada em campo em nome dos clientes. Além do projeto de sistemas de teste completos, processos especiais, como testes de vazamento em células de teste individuais, são integrados em sistemas de clientes existentes ou planejados.
  • A WIKA oferece testes de vazamento de acordo com DIN EN 1779 como serviço, também para itens individuais. O serviço inclui, entre outras coisas, testes utilizando o método de queda de pressão e também o método de aumento de pressão, além dos três testes de hélio.